Montagem teatral traz reflexão sobre as relações humanas na Caixa Cultural Curitiba

Publicado em Notícias no dia 09/10/2017

Montagem teatral traz reflexão sobre as relações humanas na Caixa Cultural Curitiba

A CAIXA Cultural Curitiba recebe, nos dias 20, 21 e 22 de outubro, o espetáculo Aqui estamos com milhares de cães vindos do mar, da companhia paulistana Os Barulhentos. Dirigida por Rodrigo Spina, a tragicomédia é formada por catorze cenas escritas pelo dramaturgo romeno Matéi Visniec e retrata, de maneira poética, o deserto contemporâneo, a alma e a solidão humanas.

 

As histórias do cotidiano se entrelaçam e têm início no breu total. Assim que a luz acende, o público percebe que todo espetáculo acontece em tons de cinza, causando espanto na plateia. “É comum ouvirmos do público a surpresa e a sensação de choque com a realidade do palco. É como assistir a um filme em preto e branco” revela Rodrigo Spina, diretor do espetáculo. A ausência de cores cobre todo o palco, o cenário, os atores e os figurinos – invadindo a vida dos personagens e atingindo o espectador.

 

A cenografia traz elementos realistas para compor as mais variadas atmosferas do texto, evidenciando as relações vazias e superficiais tão presentes no mundo atual. Surgem as situações do cotidiano, se transformando todos os dias, resultando em um ir e vir de personagens que enfrentam abismos sociais em suas mais variadas formas – estado versus cidadão, indivíduo versus sociedade. Apesar de reflexiva e inquietante, a peça aborda todas as situações de maneira bem humorada. “O palco é o espaço para fazer questionamentos, e Matéi usa o teatro do absurdo para, de forma divertida, fazer refletir e pensar”, diz Rodrigo Spina.

 

A montagem Aqui estamos com milhares de cães vindos do mar venceu, em dezembro de 2015, o prêmio da Associação Paulista de Críticos de Artes (APCA), como melhor espetáculo, e também foi premiada como melhor direção pelo Prêmio Aplauso Brasil. O grupo conta com a parceria e o apoio do próprio autor, Visniec, que assistiu algumas cenas da montagem pela Internet.

Sobre o Autor

Matéi Visniec nasceu na Romênia, em 1956, e desde pequeno encontrou na literatura um lugar dedicado à liberdade. Censurado durante o regime ditatorial romeno de Nicolae Ceausescu, suas peças só vieram a público a partir de seu autoexílio na França, em 1987, onde vive até hoje. Ter vivido sob um regime autoritário influenciou definitivamente a obra de Visniec. Ao unir sua arte com uma visão acurada da realidade, Visniec capta o espírito de nosso tempo, identificando as feridas que compõem, não apenas a sociedade, mas o ser humano contemporâneo. Não é surpresa constatar que o grupo de teatro Os Barulhentos tenha encontrado eco na temática do romeno: vivendo em São Paulo, uma cidade com mais de 20 milhões de habitantes, identifica na grande metrópole a mesma solidão e os dramas nas relações humanas evidenciados por Visniec em seus textos.

Serviço de audiodescrição

O espetáculo Aqui estamos com milhares de cães vindos do mar contará, na apresentação de sábado, dia 21 de outubro, com o serviço de audiodescrição. Trata-se de um recurso de acessibilidade de comunicação para pessoas com deficiência visual que traduz imagens em palavras. Consiste na descrição clara e objetiva de todas as informações compreendidas visualmente e que não estão contidas nos diálogos, tais como expressões faciais, figurinos, cenários e efeitos especiais. As descrições acontecem nos espaços entre os diálogos e nas pausas entre as informações sonoras. O recurso amplia o entendimento das cenas e aumenta o repertório imagético dessas pessoas, desenvolvendo as noções simbólicas tão importantes para a fruição da arte. O roteiro de audiodescrição é assinado por Bell Machado, da Quesst Consultoria, e foi revisado por Jean Braz, consultor com deficiência visual. A audiodescritora é Márcia Caspary.

Serviço

Teatro: Aqui estamos com milhares de cães vindos do mar

Local: CAIXA Cultural Curitiba. Rua Conselheiro Laurindo, 280 – Curitiba (PR).

Data: 20 a 22 de outubro de 2017 (sexta a domingo)

Horário: sexta e sábado, às 20h; domingo, às 19h.

Ingressos: vendas a partir de 14 de outubro (sábado). R$ 10 e R$ 5 (meia – conforme legislação e correntistas que pagarem com cartão de débito CAIXA). A compra pode ser feita com o cartão vale-cultura.

Bilheteria: (41) 2118-5111 (De terça a sábado, das 12h às 20h. Domingo, das 16h às 19h.)

Serviço de Audiodescrição: no espetáculo de sábado, dia 21 de outubro, haverá serviço de audiodescrição para pessoas com deficiência visual.

Classificação etária: 14 anos

Lotação máxima: 125 lugares (2 para cadeirantes)

 

Compartilhe:

Botão Voltar